Time Lwart·09/09/2022·5 minutos

Cuidados com o OLUC

Tudo o que você precisa saber para armazenar de forma correta e segura o Óleo Lubrificante Usado ou Contaminado

O Óleo Lubrificante Usado ou Contaminado, ou simplesmente OLUC, é um produto derivado do petróleo e que já foi utilizado anteriormente em veículos, máquinas ou equipamentos. É considerado um resíduo perigoso que, em altas concentrações, pode causar danos ao meio ambiente e à saúde das pessoas.

Depois de usado, só existe um destino adequado e regulamentado ao OLUC: a reciclagem. Isso se dá pelo processo de rerrefino. De acordo com a legislação, todo OLUC deve ser armazenado, coletado e destinado para o rerrefino.

Enquanto a coleta deve ser feita exclusivamente por empresas credenciadas pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o armazenamento correto do OLUC deve ser feito por todos os geradores de OLUC, como postos de combustíveis, oficinas e indústrias, para que o produto seja recolhido de forma segura e eficiente.

Como armazenar corretamente o OLUC

O local correto de armazenar o Óleo Lubrificante Usado ou Contaminado (OLUC), que deve ser gerenciado pelos geradores de OLUC, deve atender a alguns critérios de segurança, como ser um local sem riscos de vazamentos ou possibilidade de mistura com outras substâncias, para se evitar acidentes, e deve permanecer em segurança até que possa ser entregue ao coletor autorizado pela ANP.

O resíduo deve ser acondicionado em recipientes com boas condições, justamente para impedir vazamentos e, ainda assim, deve ser colocado dentro de uma área de contenção, caso algum vazamento ocorra.

Riscos potenciais de agressão ao meio ambiente

O modo correto de armazenar o OLUC antes da coleta está diretamente ligado à proteção do meio ambiente e da saúde pública, indo além das vantagens econômicas.

Os óleos usados ou contaminados não são biodegradáveis, logo, levam anos para desaparecer do meio ambiente. Em caso de vazamento, contato com o solo ou com lençóis freáticos, causa danos graves, que podem ser irreversíveis, afetando a agricultura, comprometendo a vida aquática e, claro, a qualidade da água que seria consumida, além de diversas outras consequências.

Benefícios econômicos

O lubrificante que compramos no mercado é composto por 80% de óleos básicos, que podem ser totalmente recuperados após a reciclagem por meio da tecnologia de rerrefino. Com isso, diminuímos a necessidade de extração de petróleo e todos os custos relacionados ao primeiro refino.

FONTES
USCAL: Os impactos na saúde humana e no meio ambiente decorrentes do manejo e descarte indevidos dos resíduos de óleos lubrificantes, de Ingrid Carin de Souza Amarante e Juan Carlos Rossi Alva.
http://ri.ucsal.br
https://blog.texaco.com.br/havoline/como-armazenar-oleo-lubrificante-usado/
https://www.lwart.com.br

Compartilhe nas redes sociais:

Comentários

Últimas Publicações

Foto Relatório de Sustentabilidade da Lwart
Conheça o Pagoo by Lwart: Aplicativo inédito para motoristas coletores
Foto Relatório de Sustentabilidade da Lwart
Conheça o Pagoo by Lwart: Aplicativo inédito para motoristas coletores